A CPI da Covid quer fazer um pente-fino nas campanhas de comunicação e publicidade do governo envolvendo a pandemia do novo coronavírus.

A apuração sobre a comunicação oficial foi incluída no plano de trabalho da comissão apresentado pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL) nesta quinta-feira (29).

Dessa maneira, a comissão vai apurar, por exemplo, se houve irregularidades nos contratos de comunicação e campanhas de desinformação pagas com recursos públicos, abordando, por exemplo, tratamentos para a Covid-19 sem eficácia comprovada.

Também nesta quinta, primeiro dia de deliberação da comissão, foram aprovados quatro requerimentos que pedem informações sobre contratos, campanhas publicitárias e pagamento a influenciadores digitais.

A comissão destinada a apurar ações e omissões do governo federal no enfrentamento à Covid-19 foi instalada na última terça-feira (28).

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário