Funcionários dos Correios vão realizar, na próxima quinta-feira (18), uma assembleia para decidirem se vão entrar ou não em greve por tempo indeterminado. Os trabalhadores relatam que 70% da carga tratada no edifício sede dos Correios, na capital baiana, está comprometida por falta de elevadores e prejudica entregas de cartas e SEDEX à população baiana.
O Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos no Estado da Bahia (Sindicotelba), disse por meio de nota, nesta quarta-feira (17), que três elevadores operacionais que atendem ao Centro de Tratamento de Encomendas (CTE), Centro de Tratamento de Cartas (CTC) e Centros de Entregas de Encomendas (CEE’s) Salvador e Comércio, permanecem quebrados desde o último dia 11/02(quinta-feira) e, por conta disso, as constantes interrupções nos trabalhos de tratamento, expedição e encaminhamentos de objetos postais  simples (cartas , impressos, recibos de pagamentos, etc) e registrados (Sedex, Pac, internacionais, malotes) estão gerando suspensão e atrasos na distribuição em todo o estado da Bahia.
A assembleia de deflagração de greve está marcada para a próxima quinta-feira (18) em Salvador.
Metro1
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher