Menu

Bolsonaro assina demissão de Bebianno

TRagora 5 anos atrás

O presidente Jair Bolsonaro assinou neste sábado a demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno. A decisão deve ser publicada no Diário Oficial segunda-feira, dia 18. A informação é do site Estadão, que confirmou com interlocutores de Bolsonaro.

Segundo o Estadão, Bolsonaro pretende nomear um general para o lugar de Bebianno. Se isso ocorrer, será o nono militar a ocupar um  cargo no primeiro escalão.

Em conversas reservadas, Bolsonaro avaliou que o chefe da Secretaria-Geral quebrou a relação de confiança com ele ao “vazar” áudios de diálogos entre os dois. O ministro nega o vazamento.

Preocupados com a alta temperatura da crise, auxiliares do presidente observam, por sua vez, que Bebianno ainda pode criar muitos problemas para o governo, se a demissão não for revertida, porque seria o que se chama no jargão político de “homem bomba”. Porém, um desses interlocutores, que conversou recentemente com Bolsonaro, disse que a situação é insustentável e a decisão do rompimento, “irreversível”.

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -