Em ação conjunta que ocorreu no final da tarde desta segunda-feira (22), reunindo equipes das Companhia de Ações Especiais do Semiárido (Caesa) e da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 7º BPM, recuperaram cerca de 287 baterias de alimentação de torres de telefonia móvel.

De acordo com a nota divulgada pela polícia civil, as bateiras das operadoras OI e VIVO, haviam sido furtadas de várias cidades da região de Irecê. Após tomar conhecimento de denúncia de movimentação suspeita de carros e pessoas desconhecidas, em uma residência situada no povoado do Brincos, zona rural do município de Central, as guarnições procederam com diligências na localidade.

Seis baterias foram apresentadas à Delegacia de Polícia Civil de Irecê e o restante na Delegacia de Central. As baterias tem um valor estimado de R$ 2 milhões de reais. Os produtos que pertencem à empresa OI foram entregues na tarde desta terça-feira (23). Os autores do furto não foram localizados. Informações de Líder Notícias

COMPARTILHE

Sobre o Autor

*Atuou como Repórter nos jornais O Paraguaçu (Itaberaba/BA), Primeira Página (Jacobina/BA) e Oeste Hoje (LEM/BA). Sites: Camaçari Fatos e Fotos e Nossa Metrópole (Camaçari/BA). Atualmente, edita o portal TRagora e é Repórter do jornal Tribuna Regional.

Deixe Um Comentário