O Jacobina ingressou com uma ação no Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol da Bahia (TJDF-BA) pedindo a suspensão do reinício do Campeonato Baiano. Na noite desta terça-feira (14), a Federação Bahiana de Futebol (FBF) divulgou a tabela da oitava e nona rodadas marcadas para os dias 23 e 26 de julho. O vice-presidente Rafael Damasceno confirmou o processo e ainda disse que o Jegue da Chapada não entrará em campo para a reestreia na competição contra o Doce Mel.
“Entramos com a ação”, resumiu em entrevista ao Bahia Notícias. “Não temos condições nenhuma de entrar em campo, não temos nem como formar time”, completou.
A reportagem do BN também entrou em contato com o advogado do clube do interior, Raphael Matos Sobrinho, que deu detalhes sobre a ação.
“A razão pela qual solicitamos a suspensão do retorno do campeonato é a condição de completa impossibilidade do Jacobina em montar um elenco profissional em 15 dias. Hoje, o Jacobina não tem nenhum atleta profissional, atualmente temos apenas um jogador inscrito que é amador. Outros clubes baianos têm outras competições para jogar como a Série A, B, C e D do Brasileiro, além de estrutura. O Jacobina não tem outras competições para fazer frente às despesas. Além disso, o clube assinou contrato com a FBF para jogar um campeonato terminaria em abril. Ele monta o time, faz seu planejamento até abril, os contratos com os jogadores terminaram em abril. A FBF também disse que o retorno foi feito através do diálogo, mas nós do Jacobina entendemos que não foi”, explicou. “Nós avaliamos que a decisão da FBF em retomar o campeonato é precipitada. Ela não analisa o cenário local. Hoje temos um recorte de redução de casos [da Covid-19]na capital, mas não no interior, que está no seu pico. Tanto é que Feira de Santana realizou o lockdown, o próprio município de Jacobina também está em lockdown. O esporte é mais importante do que o comércio? O comércio continua fechado, mas o futebol voltar”, continuou.
O duelo entre Jacobina e Doce Mel, marcado para o dia 23 a partir das 16h, será disputado na Arena Cajueiro, em Feira de Santana. O Jegue da Chapada é o lanterna do Baianão com um ponto conquistado, três a menos justamente do seu rival no reinício da competição. Somente uma equipe é rebaixada para a Série B estadual do ano que vem.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário