Com a aprovação na Câmara dos Deputados do projeto que distribui os R$ 106,5 bilhões que o governo espera arrecadar com o megaleilão do pré-sal, caberá aos estados uma quantia de R$ 10,9 bilhões.
Um levantamento feito pelo jornal O Globo mostra que a Bahia é o terceiro estado que mais vai receber, ficando atrás somente de Minas Gerais e Rio de Janeiro.
Ao estado baiano caberá a quantia de R$ 762 milhões, enquanto o Rio ficará com R$ 2,3 bilhões e Minas Gerais com R$ 847 milhões. São Paulo está na sexta posição, com R$ 631 milhões.
Os estados poderão utilizar o valor para investimentos e também para o pagamento da previdência dos servidores públicos estaduais.
Segundo o jornal Folha de São Paulo, a Bahia foi um dos estados que mais perderam om as mudanças nos recursos da divisão dos recursos do leilão da cessão onerosa, segundo planilha que circulou entre os governadores nordestino nesta quarta-feira (9).
Eles calculam que o novo texto renderá R$ 1 bilhão a menos a estes estados. Para o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), considerado o líder informal do grupo, o Congresso tirou “dos mais pobres para pagar a conta da União aos mais ricos”.
COMPARTILHE

Sobre o Autor

Ex-vereador e Ex-presidente da Câmara de Vereadores de Jacobina, Carlos de Deus é formado em Administração de Empresas pela Universidade Norte do Paraná. Diretor-presidente do jornal Tribuna Regional e do site TrAgora.

Deixe Um Comentário


Desenbahia
BAN-728-X90-PX-mulher