O Governo da Bahia anunciou que já está na busca de alternativas para substituir a Ford após a empresa anunciar o fechamento das fábricas em Camaçari (BA), Taubaté (SP) e da Troller, em Horizonte (CE). Em nota divulgada nesta segunda-feira (11), a gestão estadual destacou os impactos socioeconômicos consequentes do fechamento da empresa, importante geradora de empregos e renda no estado.

Ainda conforme a nota, o governador Rui Costa já entrou em contato com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) para discutir a formação de grupo de trabalho para avaliar possibilidades alternativas ao fechamento. O governo estadual também entrou em contato com a Embaixada Chinesa para sondar possíveis investidores com interesse em assumir o negócio na Bahia.

A decisão da Ford foi informada ao governador Rui Costa durante reunião virtual com representantes da empresa nesta segunda.  Em nota distribuída à imprensa, a Ford afirma que “a persistente capacidade ociosa da indústria e a redução das vendas, resultando em anos de perdas significativas”, são motivadores da decisão.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário