O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) afirmou, nesta segunda-feira (23), que revogou o trecho da medida provisória que previa, como combate aos efeitos da pandemia do coronavírus na economia, a suspensão dos contratos de trabalho por 4 meses.

A medida foi altamente criticada por políticos e entidades de classe. “Determinei a revogacao do art.18 da MP 927 que permitia a suspensão do contrato de trabalho por até 4 meses sem salário”, declarou o presidente, nas redes sociais, no início da tarde.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário