Em uma entrevista concedida a uma rádio de Salvador, o senador Angelo Coronel (PSD-BA) declarou que solicitou junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) a suspensão da decisão do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de cortar verbas das universidades federais, o que inclui a Universidade Federal da Bahia (UFBA)

“Hoje nós impetramos no STF um mandado de segurança para sustar, para que o Supremo suste essa atitude de Bolsonaro de cortar verbas das universidades no Brasil, inclusive da UFBA”, ressaltou Coronel.

Ex-estudante da instituição, ele também declarou que nunca presenciou a chamada “balbúrdia”, conforme declarado pelo ministro Abraham Weintrab. Para o político, a instituição é “uma casa da democracia”.

“Nunca vi na UFBA isso que o ministro está falando, que é lugar de ‘balburdia’. As atividades da universidade sempre forma pautadas na liberdade dos estudantes para entrarem e saírem”, defendeu.

“Se o ministro ou Bolsonaro querem enquadrar as universidades com sua ideologia, com uma ideologia fechada e extremista, não podemos jamais aceitar isso”, concluiu. Radar

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário