O ex-ator pornô e candidato a deputado federal em São Paulo, Alexandre Frota, foi condenado a indenizar o músico Gilberto Gil por danos morais por conta de acusações na internet. Frota teria dito que “roubar livremente recursos oriundos da Lei Rouanet”.

No processo, Gil alegou que as afirmações de Frota causaram sofrimento e angústia à toda sua família. Frota, por sua vez, afirmou que replicou informações amplamente divulgadas pela imprensa.

Em sua decisão, a juíza Rafaella Ávila de Souza Tuffy Felippe, da 50ª Vara Cível do Rio de Janeiro, afirmou que as declarações de Alexandre Frota não tinham nenhuma prova e causaram danos à imagem e honra de Gilberto Gil.

Alexandre Frota ainda pode recorrer da decisão.

Informações:VarelaNotícias.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário