Menu

Alexandre Aleluia critica filme dirigido por Wagner Moura: ‘Marighella não passava de um assassino’

TRagora 5 anos atrás

Em seu podcast “Direto ao Ponto”, o vereador Alexandre Aleluia (DEM) teceu duras críticas ao filme “Marighella”, dirigido pelo ator Wagner Moura. O programa foi divulgado nesta sexta-feira (22) nas redes sociais do democrata.

O guerrilheiro Carlos Marighella, segundo o edil, é “um sujeito que praticou diversos assaltos e queria, na verdade, lutar pela ditadura do proletariado”. “Marighella não passava de um assassino a sangue frio. É um sujeito que queria, na verdade, lutar pela ditadura do proletariado. Em seu livro ‘O Manual do Guerrilheiro Urbano’, tem diversas passagens onde ele expõe a necessidade do assassinato, do roubo e dos assaltos na luta revolucionária. Nele, vemos muito bem quem Wagner Moura está querendo pintar como herói brasileiro”, disse Alexandre.

“No livro, Marighella fala que é necessário que todo guerrilheiro urbano tenha em mente que somente poderá sobreviver quem está disposto a matar policiais e todos aqueles dedicados à repressão, assim como quem está, segundo ele, verdadeiramente dedicado a se apropriar das riquezas dos grandes capitalistas, dos latifundiários e dos imperialistas”, lembrou.

 

 

PL

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -