Decisão de sede regional levou em consideração o portfólio de cursos e número de profissionais de cada unidade

A Ages nasceu na cidade de Paripiranga, Nordeste baiano, mas nos últimos anos expandiu as suas atividades para outros municípios da Bahia e de Sergipe, totalizando, ate o momento, seis campi.

Com o passar do tempo, a UniAges observou a necessidade de descentralizar as decisões, antes realizadas na unidade de Paripiranga, e organizou a administração/gerência em duas regionais. A Região 1 engloba, além de Paripiranga, as unidades de Tucano/BA e Lagarto/SE; e a Região 2 que tem como sede a cidade de Jacobina e conglomera as unidades de Senhor do Bonfim e de Irecê, todas no estado da Bahia.

Para a decisão de sede regional a Instituição levou em consideração o portfólio de cursos e o número de servidores/colaboradores de cada unidade.

“Temos feito um grande investimento na contratação de profissionais para a unidade jacobinense, o que vai possibilitar a ampliação dos serviços prestados aos alunos e a comunidade. Essa mudança também vem ancorada na ampliação dos cursos das três unidades da Região 2, com destaque para Jacobina”, explicou a Professora Elaine Rodrigues, Diretora da Região 2.

O prefeito de Jacobina, Tiago Dias (PCdoB), comemorou a notícia: “A vinda da Faculdade Ages para Jacobina e do Curso de Medicina são marcos importantíssimos na nossa história. Agora, mais uma vez, festejamos ao saber que o Município passa a ser sede Regional e que, muito mais, ainda vem pela frente”.

Ainda de acordo com Elaine Rodrigues, a perspectiva é que nos próximos semestres Jacobina passe a contar com novos cursos: “Em breve contaremos com os cursos de Odontologia, Medicina Veterinária, Cosmética e Estética, Engenharia de Minas, Engenharia Elétrica, Engenharia de Produção, Gestão do Agronegócio, dentre outros”, garantiu.

A ideia é fortalecer a educação na área da saúde e, também, atender à vocação econômica da cidade nas áreas de engenharia e gestão.

Sobre a Ages

A Rede de Ensino Ages possui mais de seis mil acadêmicos, oriundos de mais de 100 municípios da Bahia, Sergipe e Alagoas, distribuídos em 27 cursos, inclusive Odontologia, Medicina e Medicina Veterinária, espalhados pelos campi de Paripiranga, Jacobina, Senhor do Bonfim, Jeremoabo, Tucano Irecê, na Bahia, e Lagarto/SE.

Essas informações traduzem em números a diversidade e a dimensão da Ages, construídas ao longo dos seus 38 anos de existência, 18 destes com atuação no ensino superior, com conceito de excelência perante o MEC.

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário