Menu

Adolescente mata os pais e a irmã em SP por ficar sem computador e celular

TRagora 4 semanas atrás

Um adolescente de 16 anos matou pai, mãe e irmã dentro de casa na noite de sexta-feira (17) em São Paulo.
Ele usou arma do pai, que era Guarda Civil Municipal, para matar a família.

Segundo informações, o adolescente passou o final de semana com os corpos e disse à polícia que não se arrepende e que, se pudesse: “faria novamente”, afirmou. O crime aconteceu na Vila Jaguara, zona oeste de São Paulo.

Em depoimento à polícia, o menor de idade afirmou que já havia pensado em matar os pais anteriormente e que decidiu colocar o plano em prática após eles “confiscarem” seu aparelho celular.

Os desentendimentos com os pais eram frequentes, segundo o adolescente. Ele disse que, na véspera do crime, os pais o chamaram de “vagabundo”.

Segundo o relato do adolescente, o pai e a irmã foram mortos por volta das 13h da sexta-feira. Depois, ele foi até a cozinha, almoçou ao lado do cadáver do pai e foi até a academia. A mãe foi morta horas depois, por volta de 19h, quando chegou do trabalho.

Durante o final de semana, convivendo com os corpos dos familiares, o garoto manteve sua rotina normalmente.

No sábado (18/5), um dia após as mortes, o adolescente pegou uma faca na cozinha e cravou nas costas da mãe. Ele disse que fez isso porque ainda estava com raiva dela por ter ficado sem o celular.

- Anúncio -
- Anúncio -