Em entrevista à revista Época, sob a condição de anonimato, funcionários da estatal EBC informaram que tiveram textos modificados ao se referirem ao período histórico da ditadura militar no Brasil.

“Meu chefe falou: ‘Temos que dar o texto que a diretoria de Jornalismo aprovou'”, disse a servidora de uma TV da empresa sobre a reportagem em que Bolsonaro comentava a ordem de comemorar o aniversário do golpe de 1964.

No texto, foi usado o termo “regime militar”.

Os jornalistas que cobriram manifestações contra o aniversário do golpe ainda relatam que tiveram o material modificado pela chefia. O texto ainda teve que passar pelo crivo da diretoria de Jornalismo, o que nunca aconteceu. Radar

COMPARTILHE

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário