Menu

Dia do Professor é marcado pela incerteza

TRagora 6 anos atrás

 

O dia 15 de outubro é a data em que os professores e professoras são homenageados no Brasil. É unânime que o magistério é dos ofícios mais importantes e não recebe a valorização merecida. Mas quem está disposto a tomar medidas concretas para melhorar as condições de trabalho e de vida dos professores?

A origem da data está num decreto do então imperador D. Pedro I, em 1827, criando o Ensino Elementar no Brasil.

Neste 2018, os educadores veem a passagem do seu dia sob um clima de incertezas. No estado do Paraná, está eleito um governador com pouco identificação com a educação. Mas há que se aguardar o início de seu mandato.

Já em nível nacional, estão em disputa no segundo turno para presidente dois projetos antagônicos no que tange à educação e as condições de trabalho dos professores e professoras.

De um lado está a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) propões a adoção do ensino à distância e a implantação do modelo de “escola sem partido. Ou seja, a mordação contra os professores. O candidato da extrema direita também prometeu abolir a metodologia de Paulo Freire, o patrono da educação brasileira.

Do outro lado está a candidatura de Fernando Haddad (PT) que já foi ministro da educação. Ele propõe o fortalecimento da formação dos professores através do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid).  Haddad também propões a criação do programa Ensino Médio Federal, que aumentará a atuação do governo federal no ensino médio.

Enfim, vale a pena parar e refletir sobre os destinos do País. Como todos sabem, muito depende da educação.

O Jornal Tribuna Regional parabeniza a todos os professores e em especial aos profissionais da educação de Jacobina e região.

 

 

Informações:esmaelmorais

- Anúncio -
Deixe uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Anúncio -